cirurgias

Uma cirurgia para Vitor

Written by Lou Mello
Janaina Souto foi marcada nisto.
 

32 dias eu espero por essa foto!!! 
Nosso menino está finalmente internado!!! 
Ontem o Vitor deu entrada no pronto socorro do Incor com muita dor e inchaço abdominal e baixa saturação. Devido ao quadro clínico dele, não dava mais pra ficar esperando e ele foi internado. Hoje ele está realizando exames e passando por avaliações com os especialistas. Ainda deve ser avaliado pela equipe cardiopediátrica pra que seja resolvida a questão da cirurgia. Ainda não temos data, nem sabemos se ela poderá ser feita, ou se ele perdeu tempo demais esperando. Os exames nos trarão as respostas que precisamos e assim seguimos pedindo a Deus que continue concedendo ao Vitor as bençãos de que ele necessita pra continuar vivendo. A guerra ainda não está ganha, mas seguimos vencendo uma luta por vez.

“Nenhum de nós é melhor do que todos nós juntos!”

Por hoje só tenho a dizer: – Obrigada, Deus!!!
#UmaVagaParaoVitor

About the author

Lou Mello

Fui pai de um cardiopata congênito por 25 anos. Meu filho mais novo, o Thomas Henrique nasceu em 11 de maio de 1988 com dupla via de saída no ventrículo direito, transposição dos grandes vasos na base, estenose da pulmonar com válvula atrésica, CIVs múltiplas e PCA aberto. Passou por três cirurgias, vários cateterismos, um monte de exames e tomou medicamentos a beça. Na primeira cirurgia construiram um Blalock, na segunda uma Emy Fontan cavo pulmonar e na última fizeram a correção total, com implante de uma válvula pulmonar humana dissecada. Após a cirurgia ficou internado na UTI por dez dias, quando faleceu, no dia 20 de abril de 2014, a 21 dias de completar 25 anos. Claro que o considero meu filho para sempre, onde quer que ele esteja, agora. Nosso trabalho com ele terminou, mas ele nos deixou a missão de apoiar os cardiopatas congênitos enquanto vivermos. Esse é o meu propósito principal de vida, enquanto viver.

Leave a Comment