Coração Univentricular

the-univentricular-repair-indications-procedures-outcomes-and-controversies-3-728

O que significa coração univentricular ou ventrículo único?

É uma rara , porém complexa , doença cardíaca congênita, onde um único ventrículo é capaz de suportar as circulações sistêmica e pulmonar, podendo ocorrer obstruções a nível da aorta ou da pulmonar.

Incluem–se defeitos como a Síndrome do coração esquerdo hipoplásico (SHCE) e atresias das valvas tricúspide, pulmonar, mitral e aórtica.

Qual é a causa?

A causa é multifatorial, incluindo fatores ambientais, genéticos, uso de medicamentos, drogas e álcool, doenças maternas como: diabetes, lúpus e infecções como: a rubéola e a sífilis que possam agir no momento da formação fetal do coração, que ocorre nas primeiras oito semanas da gravidez.

Como afeta o coração?
Existe uma  mistura das circulações do lado esquerdo e do lado direito do coração

Como esta circunstância afeta a criança?
A criança apresenta-se com cansaço intenso, pulso fraco, cianose e necessidade de unidade de terapia intensiva logo após o nascimento.

Esta condição pode ser remediada?
Sim. Pode ser corrigida. O tratamento, geralmente, é cirúrgico, devendo ser realizado na 1ª semana de vida.

Geralmente a criança será submetida a uma correção cirúrgica paliativa logo após o nascimento e deverá estar em acompanhamento rigoroso com o cardiologista, pois necessitará nova intervenção entre o 3º e 6º mês de vida, permanecendo medicada e monitorizada, nova cirurgia se fará necessária antes do 2º ano de vida.

As crianças apresentam limitações importantes e maior risco para doenças infecciosas e trombo-embólicas.

O que a criança pode fazer?

Apresentará limitações para atividades competitivas mesmo após ser realizada a cirurgia.Podendo participar de atividades recreativas.

O que os pais devem fazer?

Consultas frequentes com o cardiologista e o pediatra.
Administração correta da medicação.
Cuidados com as mamadas, respeitando o cansaço da criança.
Cuidado extremo com o tratamento dentário.

Veja o site “Pequenos Corações” dedicado a essa cardiopatia congênita. Aqui.


botao_contribuaApoie os Cardiopatas Congênitos

CV_LOGOANI

60 thoughts on “Coração Univentricular

  1. Logo apos o nascimento, descobrimos que meu filho possuia ventriculo unico. Foi internado rapidamente na UTI. Com tres dias de vida seguiu o Instituto do Coração (BIOCOR), onde foram realizadas as primeiras cirurgias. Nasceu com 32 semanas de gestação. Hoje ele tem dois anos de vida, ja foram realizadas duas cirurgias, uma valvula plástia e três cateterismo. Então quero saber dos riscos e do modo de vida que meu filho deve levar. Em media quantas cirurgias uma crianças com essas condições deve fazer?
    Ele tem alguma cirurgia ainda para fazer com 3 anos, essas cirurgias a criança tem que ter tamanho e peso certos? Esse tipo de cirurgia tem idade certa ou cada caso é uma caso?

    Atentamente, Jaqueline Albuquerque.

    Jaqueline
    Obrigado por sua visita e E-mail. Há algum tempo atrás, perguntas como a sua eram encaminhadas à cardiologista que dá apoio ao site e ela respondia. Entretanto, os médicos estão circunscritos aos seus consultórios para tirar dúvidas de pacientes, por questões éticas, no caso, a ética médica. Sendo assim, meu conselho é que você procure o médico clínico responsável pelo tratamento e acompanhamento de seu filho para tirar suas dúvidas. De fato, ele é portador de uma cardiopatia complexa e de alto risco e imagino que você esteja ciente disso. Creio ser muito importante, para todos nós, estar a par de nossos direitos quanto aos serviços de saúde, tratamentos, medicamentos, órgãos responsáveis, etc. Manter você muito bem informada, não é filantropia, mas obrigação dos responsáveis pelo atendimento de saúde em sua região. Espero ter ajudado de alguma forma. Alguém está enviando E-mails em seu nome para o site com mensagem atipica, que foram excluidas. Deus abençoe a você e seu filho abundantemente.
    Lou Mello

  2. Olá papás,
    Sou de Lisboa e tenho um filho com seis anos que nasceu com coração univentricular.Ele nasceu com 36 semanas e foi operado com 9 dias. Aos sete meses fez a segunda cirugia e aos3 anos e meio fez a ultima. Foram momentos muito dificeis para mim e para o pai mas hoje graças a Deus ele é um menino cheio de força e ninguém diria que ele foi operado. A todos os pais que estejam a passar por isso peço que tenham muita força mas acima de tudo que confiem em Deus.

    1. Meu filho vai nascer semana que vem , com este problema, estou confiando em deus, mas angustiada, fiquei bem aliviada em ler seu depoimento.

  3. Boa tarde !!
    Sou DE Campinas: minha neta nasceu a 21 dias
    e pra nossa surpresa os médicos falaram que ela tinha um probleminha no coração, na hora td mundo entrou em panico, pois minha filha fez o pre natal direitinho fez a ultro sonografias, morfologícas, e ninguém viuu isso na minha netinha, ela nasceu de cesariana com 39 semanas, foi operada 10 dias depois, e sabemos que ela tera que fazer outra com 5 meses,e outra depois dos 4 anos, estamos passando por momentos mtoo dificies tanto pros avós e para os pais, mas com a graças de DEUS ela está bem se recuperando ainda está na UTI, hj ela foi desentubada, e tiraram a sonda dela, para nós isso é uma vitoria, a cada dia que passa uma bênção, os médicos tirando os remédios ela não fica mais sedada, logo logo com a bênção do Senhor ela vai vir pra casa, sei que ainda temos mtaa luta pela frente, mas essa primeira etapa está passando, olha não é facíl mesmo temos que ter mtaaa fé em DEUS pq só ele pra gente conseguir ter força, e minha netinha e filha vão precisar,minha filha está sofrendo mtooo pois desde que a nenem nasceu até hj ela não pegou ela no colo bjossss !!

  4. Olá gostaria de encorajá-la à permanecer confiante em Deus, também estamos passando por isso somos de Campinas, nosso filho também nasceu com cardiopatia congênita, ele ficou 10 dias na PUCC e mais 30 dias em Sãoo Paulo, passou por uma intervenção cirúrgica com doze dias de vida paliativa e bastante agressiva, mas com a graça de Deus está bem vai ter que passar por mais. Sei o que sua filha está sentindo passei por isso mas diga para ela ficar firme “O choro pode durar uma noite mas a alegria vem ao amanhecer.” Diga a ela que a oração a Deus ajuda muito, diga a ela para exercitar a fé por mais difícil que pareça. Fale para ela não se preocupar com as possibilidades de derrota glórias a Deus tudo tem jeito hoje. Se precisar conversar com alguem com a mesma experiência me escreva danioa.danioa@gmail.com. Meu filho hoje esta uma benção e com três meses tem muito caminho pela frente mas depois ela verá que as coisas não são assim. Estaremos orando por vocês!

  5. é bom quando faz essas cirugias quando nasse pq depois não tem mais geito sou cardiopata ventriculo unico tenho 25 anos de idade é ruim ter so 1 ventriculo cansa rapido e dores sempre vem rsrs ams Deus é bom tudo de bom galera ité….

    1. Olá… Sou Lucimara, mãe de um jovem com sua cardiopatia…. Vamos trocar experiências..
      Tudo de bom… Fica com Deus..

  6. olá gostaria de encorajá-los rsrs tenho 25 anos e nasci com ventriculo unico eles chama eu de raridade rsrs e quero viver mais ainda rsrs Deus é bom todo aquele q crer nele ele sempre ajuda e ele teve misericordia de mim os medicos dissera q eu viveria até os 16 anos se cosegui-se chegar até lá .
    E olha eu aki com 25 anos de idade tudo é Deus q decide não o homem para o homem é impossivel mas para Deus tudo é possivel tudo de bom q Deus ajude essas crianças como me ajudo tb ….

    1. Fico feliz por sua Vitória,eu filho com a graça de Deus sobreviveu até os 7 anos😌mas ele foi um guerreiro o que o médico deu 2 anos ele sobreviveu 7.

  7. olá estou com 7 meses de gestação e descobri que minha filha Hadassa possui ventriculo unico o médico nos disse que ela terá que passar por tres cirurgia uma logo quando nascer,fiquei muito triste no inicio mais o senhor DEUS tem me dado força e estou totalmente na sua mão esperando o milagre do senhor creio que tudo vai passar e Deus nos dara a vitória.

    1. Tatiana

      Estaremos juntos com você em orações. Caso você necessite de qualquer ajuda em termos de informações e orientação não hesite em nos procurar.

      Deus abençoe sua filhinha e a você também, ricamente.

      Lou Mello

  8. Olá, ainda na gestação descobri que ele tinha esta cardiopatia(Ventrículo Unico). O parto foi todo programado, e com apenas 7 dias fez a bandagem pulmonar. Ficamos 30 dias na UTI, pois ele pegou uma infecção. Hoje ele está com 1 ano e 2 meses e está maravilhosamente bem, não apresenta cansaço, nem cianose, nada…ninguém diz que ele é portador de uma cardiopatia tão grave, ele é uma criança extremamente feliz e muito, mas muito arteiro..rsrrs…A princípio era pra ele ter acompanhamento mensal com a cardio, mas está tendo de 4 em 4 meses de tão bem que está…Ela falou que a partir da metade de 2013, q estará com quase 2 anos voltamos a conversar sobre o Glenn…Tenho certeza que tudo dará certo…

    Foram dias díficeis, mas não de desespero, pois Deus sempre esteve no controle.

    1. Maiara

      Muito obrigado por seu testemunho.
      Manifestações como essa são estimulantes, principalmente para quem está, nesse momento, no olho do furacão.

      Deus abençoe abundantemente seu filho e você.

      abraço

      Lou Mello

  9. Gostaria de sabe se tem alguém com o coração univentricular que nunca tenha passado por intervenção cirurgica e se podem me indicar um bom lugar para iniciar um novo tratamento em MG?
    Desde de já grata,

  10. Meu filho nasceu com Ventrículo Único, tem hj 14 anos e nunca fez nenhuma cirurgia. Os médicos o consideram um MILAGRE NA MEDICINA. Faço acompanhamento desde o primeiro mês de vida, inclusive cheguei ontem de Curitiba, onde o levo há 12 anos, tendo 2 anos levado-o para S.Paulo. Muitas vezes fico me perguntando e questionando o que SERÁ QUE VAI ACONTECER NO FUTURO…..pois sou ciente de que seu problema é GRAVE, porém, surpreende os médicos. Não sente nada, não é cianotico, nunca teve nenhum sintoma como desmaios….vive uma vida normal, quem não o conhece não imagina de que têm um coração tão diferente. Tenho muita FÉ EM DEUS e sei que cuida do meu filho desde que estava sendo gerado, mas sinto muitas vezes medo do futuro, dele precisar de um transplante, sei lá…..faço acompanhamento cardíaco de 9a9 meses em Curitiba, já fez 3 cateterismo e o último foi feito em agosto de 2012, cujo resultado fiquei sabendo dia 01 de abril deste ano, três dias atrás…e está tudo sob controle, está tudo acompanhando normalmente, dentro dos padrões de seu coração. È um lindo rapazinho, forte, medindo 1,78 e os médicos não acreditam o que acontece com ele, mas sei que é DEUS…..Mas sinto muitas vezes medo de que aconteça algo com ele, choro calada muitas vezes, olhando-o, e ao mesmo tempo, começo a Louvar e agradecer a Deus por estar cuidando dele, porque é só isso que explica. Os médicos disseram que ele teria que fazer várias cirurgias, leio sobre isso e vejo os testemunhos de mães, artigos de médicos, etc…e meu filho nunca fez nenhuma…isso é maravilhoso. Sofremos muito quando ele nasceu, tive depressão, fiquei no fundo do poço e aos poucos, comecei a aceitar o problema, conviver com ele, mas confesso que muitos dos dias, é dificil…esses dias que fui ao médico e ouço o que ela, a cardiologista dele fala, dá aquele medo do futuro…….mas não podemos ficar assim, temos que viver o presente e acreditar que a Medicina está tão avançada que daqui alguns anos descobrirão uma solução para esse tipo de cardiopatia que não seja o transplante , porque tenho medo dele precisar de um coração novo no futuro e a médica dele não descarta essa possibilidade….As cirurgias indicadas realizadas quando .criança, ele não as fez por não ser cianótico, não cansar, etc…não tem sintomas digamos assim, mas se caso vir a ter algum sintoma, tenho receio de precisar de um transplante…isso me faz sofrer…Peço orações á todas as mães que passam por este sentimento e podem contar com minhas orações, mas não esqueçam: DEUS É MAIS E É UM DEUS QUE TUDO PODE, exemplo disso é a vida do meu filho..Boa noite e abraços

  11. Olá meu nome é rodrigo sou de sorocaba sp , meu filho nasceu com uma má formação no lado esquerdo do coração , ele fez a primeira cirurgia essa semana , e depois de um tempo ele teve uma convução , e o coraçãozinho dele chegou a 200 de batimentos cardiacos, queria saber se ah , algum risco grave de eu perde meu filho, eu tenho fé em Deus que não , apesar de tudo que ta acontecendo com meu filho não vou fraquejar , peço oraçoês por ele Kauã Rodrigo , agradeço a todos atenciosamente rodrigo

    1. Oi Rodrigo

      Uma cirurgia cardíaca sempre envolve alto risco. Espero que o cirurgião e o clínico responsáveis tenham esclarecido você e sua família a esse respeito. Se desejar, compartilhe conosco quem são os médicos de seu filho, onde ele foi operado e como ele está agora.
      Certamente Deus estará com ele e com você sempre.
      Estaremos orando, sem dúvida.
      Deus os abençoe
      Abraço forte
      Lou Mello

  12. Olá.. Estou grávida de 30 semanas e meu bebe tem S. Hipoplasia do coração esquerdo, gostaria de saber de vcs se o plano de saúde é obrigado a pagar pelas cirurgias? Vcs que fizeram conseguiram pelo plano?

    1. Pâmella
      Obrigado por nos escrever.
      Até onde sabemos, se seu plano cobre o parto, ele também deverá cobrir as primeiras providências necessárias ao seu bebe. Mas o melhor conselho agora é você procurar um advogado e estudar com ele a melhor forma de proceder no caso de vocês.
      Deus as abençoe muito
      Lou Mello

  13. Descobri hj q minha filha tb tem ventriculo unico e que vai precisar de intervenção cirúrgica,porém vai ter q esperar primeiro estabilizar a infecção.Ela nasceu na segunda(07-07-2014).Ao ler esse site,fiquei muito esperançosa!!

  14. Ola a todos. Fiquei muito contente por descobrir esta página. Tenho uma sobrinha de 22 anos em Sao Carlos-SP que tem coracao univentricular e que faz exames regularmente no Dante Pazzanese. Ficaria muito contente em obter contato com jovens da idade da minha sobrinha. Ela é uma pessoa lutadora, maravilhosa, da qual tenho muito orgulho, principalmente por ela ter superado tantos momentos críticos. Acho que seria bom pra ela compartilhar experiências com pessoas com o mesmo problema. Seria bom pra ela saber de que ela nao é a única e que nao está sozinha. Espero obter respostas.
    Que Deus esteja sempre com todos nós, Adriana

    1. Olá. Eu sou uma bocadinho mais nova que a sua sobrinha, tenho 19 anos e tbm tenho um coraçao univentricular. Deixei o meu testemunho na página, se quiser ler. Se a sua sobrinha quiser falar eu, apesar de estar longe (em lisboa), estou sempre disponível para isso. Beijos para as duas

    1. Rodrigo

      Para mim e todos os que apoiam nossa missão via Projeto Coração Valente é um privilégio poder compartilhar com quem precisa. Deus te abençoe abundantemente e um forte abraço.

  15. Olá! O meu nome é Daniela e sou de Portugal. Passei pelo blog para saber um pouco mais sobre a minha doença e não pude deixar de dar uma força a todos os que estao a passar pelo mesmos, eles próprios ou os filhos. Eu nasci tambem com ventriculo unico e fiz duas cirurgias e 2 cateterismos (peço desculpa se escrevi mal). A primeira foi com um mês e meio de vida e a segunda com 5 anos (faço parte das exceções que só fizeram duas cirurgias pq a primeira foi realizada mais tarde do que é habitual, entao tiveram de fazer uma especie de 2 em 1, arriscado mas q graças a deus correu bem). Hoje tenho 19 anos e levo uma vida completamente normal, com a unica exceção se ter que tomar 2 comprimidos antes de me deitar e de não poder participar em desportos de competição. Em tudo o resto sou igual a todas as outras pessoas. Por isso força para vocês e/ou para vossos filhos, eles terão, tal como eu uma excelente vida pela frente. Tudo irá correr bem!

  16. Minha bebê nasceu com ventrículo único … ela tem 19 dias e ainda não fez nenhuma cirurgia pois nasceu com outra ma formação chamada gastrosquise … ela esperava a vaga para ser transfirada …. conseguiu a vaga mais por causa d uma infecção ainda não pode fazer a cirurgia… mt dificil só Deus para cuidar…

    1. Querida Daniela
      Obrigado por nos escrever.
      Certamente, sua filhinha tem uma cardiopatia complexa de difícil tratamento. Será necessário acertar nas escolhas que não são muitas. Cirurgia já, esperar um pouco mais, sempre serão difíceis de resolver. Acho que Deus tem preferência especial pelas pessoas que recebem essas incumbências mais do que especiais. Não sei onde você está. Se for em São Paulo, o melhor cirurgião para operar ventrículo único seria o Dr. José Pedro da Silva da Beneficência Portuguesa e o caminho seria procurar a Organização Pequenos Corações para o encaminhamento. Caso você consiga a solução por esse caminho ou outro, exija UTI com isolamento, profilaxia contra infecções e permissão com documento para você ficar com sua filha o tempo todo, inclusive na UTI. Peça o nome do Médico Intensivista e certifique-se de que ele estará lá quando sua filha estiver internada, após a cirurgia. No mais, é como você disse, confiar em Deus, totalmente. Deus abençoe sua filha, você toda a família abundantemente.
      Lou Mello

  17. Ola boa noite, meu filho tem ventrículo único e transposição de grandes artérias, Já foi operado três vezes gostaria de saber o que vem a seguir a dias que ele ta muito cansado outros k só salta… Meu filho e um menino muito alegre e meigo… Eu e que tenho medo

    1. Olá Juliana, obrigado por nos escrever. A nossa proposta é trocar ideias e dúvidas entre pais, estarmos unidos, buscar apoio espiritual e, acima de tudo, informações pertinentes às nossas necessidades. Quanto às questões clínicas específicas, nossa recomendação divide-se em duas partes, primeiro incentivá-la a buscar suas respostas com o cardiologista clínico que está cuidando do tratamento de seu filho. Depois, lembrar que você tem o direito a uma segunda ou mais opiniões quando quiser. A cardiopatia de seu filho é complexa e você sabe disso. Mas conte conosco e com nossas experiências quando precisar. Estaremos orando por seu filho e por você. Deus abençoe vocês abundantemente. Um abraço.

    1. Rafael Augusto, obrigado por nos escrever. Como você está? Tudo bem? Compartilhe com nosso grupo sua experiência de cardiopata congênito, se desejar. Um abraço.

      1. Dr. Estou bem. Me canso as vezes, mas posso fazer exercicios de leve a moderado. Operei com 1 ano e meio e fiz Fotan aos 12 anos. Entretanto, desenvolvi um medo de morrer desde pequeno. Acho que devido ao contsto muito cedo com a possibilidade de morrer. Fora isso vida normal. Me formei, sou advogado. Saio, me divirto, paquero, namoro. Entendo o receio dos pais, mas acho que eles deveriam afastar os seus medos dos filhos doentes…
        Qualquer outra duvida posso responder sem problemas.

    2. Que notícia boa…Sou mãe de um jovem com ventrículo único.. Ele tem 19 anos…. Vamos trocar experiências…
      Fica com Deus..

  18. Oi, estou grávida de 17 semanas, fiz dois ultrassons, um semana passada e um hoje e ambos apontaram possível cardiopatia, ambos os médicos descreveram que não identificaram os 4 ventrículos. Seria este o caso do ventrículo único?

    Moro no interior de SC, o médico de hoje orientou a fazer o morfológico com cardio nas 22 semanas. Tinha falado com outra médica semana passada e ela orientou a fazer um ecocardiograma fetal em Florianópolis. Mas não sei qual é a melhor opção em Floripa, se alguém souber.
    Creio em Deus, e que vai dar tudo certo, em nome de Jesus.

    1. Mariana
      Obrigado por nos escrever. O diagnóstico do seu bebe precisa ser completado com os exames solicitados pelos médicos e aí você poderá ter certeza do que há com o coraçãozinho dele. Dei uma perguntada a São Google e ele respondeu o seguinte: http://sociedades.cardiol.br/sc/publico/artigos/artigo-exames.asp é um centro público em Florianópolis, que faz esses exames, em especial o ecocardiograma. Há outros, pagos lá. Dê uma olhada. Se alguém de Floripa puder ajudar, certamente o fará. Estamos por aqui, continue em contato. Deus abençoe seu bebe e você poderosamente. Um forte abraço.

  19. meu filho foi diagnosticado com cardiopatia assim que ele nasceu foi confirmado ventrículo único, operou semana passada e passa bem estar se recuperando na UTI cardíaca …

    1. Oi Ângelo. Meu filho vai operar amanhã. Gostaria de saber quanto tempo em média dura a cirurgia??

  20. Ola! Estou com 23 semanas e minha filha foi diagnostiada com hipoplasia do coração esquerdo essa semana. Estou ciente da gravidade.
    Sou de Porto Alegre e gostaria da opinião do lugar mais indicado para o tratamento?
    Me indicaram o Instituto de Cardiologia e o Hospital Santa Casa-Centro de medicina fetal.
    Obrigada.

    1. Cleide
      Bem vinda entre nós, membros de uma comunidade peculiar, que tem em comum ser ou ter alguém muito próximo portando uma cardiopatia congênita. Agora, você precisará permitir que os médicos cardiologistas monitorem sua gestação junto com seu obstetra. Porto Alegre tem bons hospitais e profissionais qualificados, muito provavelmente, nesses dois centros que você citou. Talvez você e seu bebe possam ser avaliados pelos dois. Duas opiniões sempre nos ajudam a tomar decisões. Uma verdade importante para você começar a viver é que os médicos não decidirão por você. Eles lhe darão as possibilidades, prós e contras, riscos, etc., mas a decisão final sempre será sua (dos pais).
      De nossa parte, nos sentiremos honrados se pudermos caminhar com você nesse tempo, ouvi-la e orarmos por vocês.
      Deus esteja com vocês, sempre.
      Lou Mello

  21. Olá! Descobri que o meu bebe tem um coracaozinho especial no exame morfológico, hoje estou com 33 semanas e a ecocardiografia fetal confirmou que ele desenvolveu apenas o ventrículo direito. No princípio fiquei muito desesperada, mas eu confio em um Deus que pode fazer milagres e Ele tem cuidado muito de mim e do meu esposo, nos dando sabedoria e tranquilidade, pois sabemos que se Ele nos escolheu para recebermos este anjinho especial Ele vai nos dar todas as condições de cuidar dele da melhor forma. Sou de BH Mg. gostaria de saber referencia de hospital para o parto e cardiologista para a cirurgia, pois já sabemos que precisará desta intervenção.

  22. Meu filho nasceu dia 05. 09. 2016 e foi diagnosticado ontem dia 08/09 com ventrículo único. Conseguimos a transferência dele para Belo Horizonte – hospital biocor e a mesma será realizada amanhã. Ele tem 6 dias de vida e e um menino lindo. Tenho certeza que voltaremos de la com nossa Vitória.

    1. Olá Laydhiane
      Coincidentemente, acabei de postar em nossa página “vídeos” uma aula sobre cardiopatias congênitas cianóticas, dada pela Dra. Filomena Camilo Vale (conhecida como Dra. Filó) Ela Trabalha na Santa Casa de Belo Horizonte e é pediatra da Unimed. O consultório dela fica em Belo Horizonte
      R Padre Rolim, 515 – Sala 801 (Sao Lucas). 30130-090 Belo Horizonte Fone: 3241-2888 – Ela é reconhecida como pediatra clínica com grande conhecimento das cardiopatias congênitas e ideal para orientar os pais.
      Deus abençoe deu filho e você abundantemente.
      Um abraço
      Lou Mello

      +info: http://www.doctoralia.com.br/medico/camilo+do+vale+filomena-10604721

  23. Olá estou c 3semanas d gravidez e meu filho foi diagnosticado c ventrículo único esquerdo,eu fui encaminhada pelos médicos para porto alegre santa casa,gostaria de ter certeza de que lá os médicos são bons,e foi pelo sistema único de saúde,sera q não vou ter problemas por ser pelo SUS

    1. Leilane
      Não sei em que cidade você está. Não há muitos centros de cardiologia que tratam desse tipo de cardiopatia congênita. Se estiver em São Paulo, encontrará mais opções, a maioria nos grandes centros hospitalares, em especial os centros de cardiologia dedicados. Todos eles tratam pelo SUS e, até onde sei, em termos do tratamento clínico e cirúrgico, não há maiores diferenças. Como já mencionei vezes sem fim, além de tudo fique de olho em não deixar que seu bebe seja discriminado em termos das precauções necessárias, como sua presença ao lado do bebe e os cuidados em relação às infecções.
      Espero que tudo saia muito bem. Estaremos orando, sempre.
      Um forte abraço
      Lou Mello

  24. Desculpas quis dizer 30semanas de grávidez,tô confiando em Deus,ele tudo pode,mas o medo não deixa de nus atormentar.orem pelo meu filho,Miguel Fonseca

  25. Olá, acabei de descobrir, 21 semanas de gestação, que meu filho tem SHCE. Estou sem chão. Meu obstetra faria meu parto no Santa joana, porém, após esse diagnóstico, tenho medo de lá não ser o melhor lugar para ter meu bebe que deverá ser operado assim que nascer. Ouço muito falar da
    Beneficencia Portuguesa como o melhor lugar para este tipo de cirurgia, procede? O santa Joana é confiável para este tipo de procedimento em meu filho? Sei que lá é um bom hospital para prematuridade, mas e na parte cardiológica? Estou desesperada por não buscar o melhor lugar possível e perder meu filho por uma escolha equivocada, me ajudem por favor.

    1. Oi Angélica
      Bem vinda ao nosso mundo dos cardiopatas congênitos.
      O Santa Joana possui uma das melhores maternidades da cidade, e deve ser uma das melhores do país. Se seu obstetra for médico lá, imagino que isso facilitaria muito para seu bebe, você e seu médico. Eles têm bom suporte cardiológico, lá, com a vantagem de só estarem lidando com bebes.

      Mas é seu médico quem deve te orientar nesse processo. Provavelmente eles não mexam na cardiopatia de imediato, vai depender de vários fatores. Caso seja necessário intervir com maior brevidade e seja aconselhável fazer isso em um hospital de grande porte, ele deverá fazer essa indicação a você, dentro do que for mais conveniente, no caso. A questão do convênio e seus recursos falarão algo nessa hora, também.

      Estaremos aqui orando, torcendo e desejando o melhor para você e seu bebe. Não deixe de nos manter informados sobre tudo.

      Um forte abraço

      Lou Mello

  26. Eu estou com 38 semanas de gestação e descobri na vigésima quarta semana que meu bebe tinha uma cardiopatia, desde deste dia fiz muitas ultrassoes, às vezes semanais, então o último diagnóstico foi realizado pela Dra Fatima na clínica baby cor na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, que seria um ventrículo único, o bebê nasce semana que vem , fico muito angustiada mas confio em Deus, que ele colocará as pessoas certas no caminho do meu filho. Ele nascerá na minha cidade, irá para uti para realizar exames pela cardiologista que acompanha minha gestação e será transferido para um dos centros pediátricos da baby cor no Rio de Janeiro.

  27. Boa tarde. Primeiramente muito obrigado por ter tantos relatos nesse Site. Vamos ter o Vicente que tem Hipoplasia Lado Esquerdo do Coração no Hospital de Porto Alegre já que eu e minha esposa moramos em Ijuí – Interior do RS. Temos muitas duvidas. Essa Hipoplasia é o Mesmo que chamam de Ventrículo único? Meu Filho tem chances reais de sobreviver? Minha esposa está entrando na 30 semanas. Quanto tempo ele irá ficar no Hospital?

  28. Meu filho têm ventrículo único e não fez nenhuma cirurgia…Hj têm 19 anos e vida normal com algumas moderações, claro. Faço acompanhamento desde 28 dias e os médicos o consideram o Milagre na medicina.. Até hj faz acompanhamento e vamos com fé em Deus que tudo continuará bem. Essas matérias que dizem que essas pessoas vivem até 15 anos, não chegam na vida adulta nos amedronta, mas precisamos ter fé e ver caso à caso… Desejo tudo de bom à todas as mães que vivem assim, como eu, apreensivas e com medo do futuro… Vamos fazer o que podermos e confiar naquele que tudo Pode: DEUS PAI..
    UM ABRAÇO…

  29. Boa noite estou com 21 semanas de gestação minha bebezinha foi diagnosticada com hipoplasia do ventriculo esquerdo estou muito assustada, com muito medo de perdê -lá. Estou muito deprimida sem chão não sei o que fazer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *