Endocardite Infecciosa

Anjinho Tom
Anjinho Tom

O que se entende por Endocardite Infecciosa?
É o acometimento infeccioso do coração. Para que isto aconteça, é preciso haver a alteração cardíaca prévia (Cardiopatia congênita ou adquirida). Por isso a prevenção da Endocardite é tão necessária em pacientes sabidamente cardiopatas.

Qual é a causa?
É uma infecção cardíaca causada por bactérias ou fungos.

Como afeta o coração?
A infecção se aloja em regiões propícias do coração (valvas espessadas, orifícios, etc…)

Como afeta a criança?
O sintoma mais comum é a febre e o comprometimento do estado geral da criança.

É possível remediar essa condição?
Sim, utilizando-se antibióticos na fase aguda e, principalmente, evitando que a doença exista com a realização da prevenção frente a procedimentos que causem risco.

Os procedimentos odontológicos apresentam as maiores taxas de risco (88% para extração dentária e 60% para cirurgia periodontal). A prevenção é simples, basta utilizar Amoxicilina 50 mg/Kg via oral 1 hora antes do procedimento ou 2 g se a criança pesar acima de 40 Kg.

Alguns outros procedimentos também necessitam prevenção ( Cirurgia de amídalas e adenoide, cirurgias do aparelho digestivo e procedimentos invasivos como endoscopia digestiva e outros)

O que a criança pode fazer?
Tratada a doença a criança poderá ter vida normal.

O que os pais podem fazer?

Estar esclarecidos sobre o problema cardíaco de seu filho e comunicar ao dentista para que a prevenção seja realizada.

Apoie os Cardiopatas Congênitos através do Projeto Coração Valente

botao_contribua




CV_LOGOANI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Pular para a barra de ferramentas